• Mateus Lamari

Hipermobilidade Articular e a Dificuldade no Fortalecimento Muscular

Atualizado: 12 de Mai de 2020

A Síndrome de Ehlers-Danlos Hipermóvel (SEDh) é um distúrbio hereditário do tecido conjuntivo, que pode ser classificado através de um criterioso estudo, feito por uma avaliação, exame físico e teste genético. O colágeno alterado no tecido conjuntivo é excessivamente flexível e fraco nessa população. Como resultado, algumas das manifestações clínicas incluem instabilidade articular e dores articulares múltiplas.




Indivíduos com Hipermobilidade Articular e suas afecções demonstram força e resistência musculares reduzidas e, consequentemente, desempenho funcional diminuído em comparação com não-hipermóveis compatíveis com idade e sexo. É de extrema importância para a equipe de saúde, compreender como prescrever nesses casos exercícios de força e resistência.

Além disso, existem suspeitas de que pessoas com doenças do colágeno levem mais tempo para fortalecerem seus músculos, e atingirem níveis de força muscular compatíveis com a respectiva população não-hipermóvel.


Mas será que essa informação é verídica?

Um fator que pode confundir uma investigação sobre a taxa de alteração da força muscular é o fortalecimento na presença de dor. Portanto, é importante garantir que as pessoas com Hipermobilidade e suas derivações, tenham sua sintomatologia de dor controlada, antes do início do protocolo de fortalecimento. Estudos recentes comprovaram que pacientes, tanto com Hipermobilidade Articular quanto com Síndrome de Ehlers-Danlos Hipermóvel, ganham força no mesmo tempo que indivíduos saudáveis. A questão principal é que seu nível de força muscular inicial é menor, e pode levar meses para atingir o padrão de força inicial de não-hipermóveis. Portanto que fique claro que pessoas com alterações da síntese de colágeno não são mais lentas para ganharem força.

Devemos diagnosticar corretamente, avaliar o estado que o paciente se encontra e programar a melhor base de exercícios, o que difere muito entre um hipermóvel e outro, e não sendo a melhor saída o encaminhamento direto para centros de musculação. Para um programa de fortalecimento correto, entre em contato conosco pelas redes sociais ou telefones para agendamentos e solução de dúvidas.

497 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo