• Mateus Lamari

Recomendações Para Quem Trabalha Em Pé

Trabalhar em pé por muitas horas faz parte da rotina de muitos profissionais. Consequentemente, dores nas pernas e nas costas, formigamento, fadiga, varizes e cansaço muscular são apenas alguns dos sintomas que acabam surgindo durante e depois do expediente.

No entanto, esses sinais não podem ser ignorados, pois o quadro pode agravar e desencadear algumas doenças, como trombose e varizes; e fatores psicológicos, como a ansiedade e a depressão.

A boa notícia é que é possível reverter esse quadro com algumas mudanças de hábitos e Fisioterapia. Dessa forma, o dia a dia no trabalho é muito mais produtivo e o final do expediente mais satisfatório e livre das dores ou incômodos.

Pensando nisso, reunimos algumas dicas de saúde para quem trabalha muito tempo em pé e quer recuperar a qualidade de vida. Confira!



USE SAPATOS ADEQUADOS E CONFORTÁVEIS

Os pés são responsáveis por suportar praticamente todo o peso do corpo. Por esse motivo, eles precisam estar devidamente calçados com sapatos que sejam confortáveis e adequados às condições do ambiente. Nesse caso, os tênis são bastante indicados, principalmente os modelos que têm sistema de amortecimento e tecnologias que beneficiam o bem-estar das pernas e dos pés.

No entanto, se for obrigatório o uso de sapatos sociais dentro do ambiente de trabalho, os modelos sem salto ou com salto baixo são os que evitam dores nas pernas. Também é possível fazer uso de alguns produtos ortopédicos, como palmilhas e protetores de calcanhar, que proporcionam mais conforto aos pés. Para encontrar qual seu tipo de calçado e palmilha ideais, entre em contato!

VISTA ROUPAS LEVES

Tão importante quanto os calçados, as roupas para trabalhar precisam ser leves, pois tecidos pesados ou que apertam o corpo tendem a aumentar a pressão sobre a perna, causando dores e desconforto ao longo do dia. Por isso, atente ao tamanho da peça, tipo de tecido e modelagem, escolhendo aquela que promova liberdade de movimentos.

ALTERNE O PESO DO CORPO

Outra dica preciosa para quem precisa trabalhar em pé por longos períodos é alternar a posição de apoio das pernas. Sempre que depositar o peso em uma perna, troque para a outra depois de alguns minutos, estimulando a circulação sanguínea das duas pernas.

Você também pode realizar movimentos circulares com os pés em alguns momentos do dia, conhecidos como exercícios metabólicos. Essa ação é importante para evitar varizes, minimizar o inchaço e aliviar possíveis dores e desconfortos.


MUDE DE POSIÇÃO

Desloque-se constantemente no seu trabalho. Quando tiver que ficar no mesmo local, procure mexer os joelhos e as pernas e caminhe — mesmo que seja com alguns passos.

Além disso, mantenha a coluna bem posicionada o máximo de tempo possível e evite ficar encostado em balcões ou na parede. Se precisar se abaixar, flexione os joelhos e levante-se com cuidado. Caso trabalhe carregando peso, lembre-se que o objeto precisa estar próximo ao corpo. Ao apanhá-lo, flexione os cotovelos. Todo esse processo evita lesões e dores na coluna, pernas e pés.

É muito comum que ao final de uma jornada extensa de trabalho em pé, o profissional sinta as panturrilhas doendo, além das coxas, dos pés e até mesmo dos músculos da coluna, uma vez que todos eles são sobrecarregados.


SENTE-SE DURANTE OS INTERVALOS

Aproveite os momentos de pausas, como o intervalo e o lanche da tarde, para tentar ficar sentado. Se puder, eleve as pernas com a ajuda de um banquinho, ajudando o sangue a circular melhor. Você também pode tirar os sapatos para refrescar os pés, fazendo com que o suor evapore.

Durante o almoço, por mais que esteja com pressa, recorra a um assento confortável. Caso não haja cadeiras no local, procure um lugar diferente para se acomodar ou leve um banquinho para usar nos momentos de descanso. Ter esse tempo para relaxar as pernas é essencial para evitar problemas de saúde.


PRATIQUE ATIVIDADES FÍSICAS

Os exercícios físicos são essenciais para fortalecer a musculatura e preparar o corpo em qualquer atividade do dia. Você pode começar com os alongamentos assim que acordar, pois eles funcionam como um aquecimento, mas precisam ser individualmente programados por um especialista, específicos para seu tipo de jornada de trabalho.

No entanto, dá para investir em corridas ou caminhadas, que são esportes que trabalham as regiões que precisam estar mais fortes para manter a rotina com mais bem-estar. Sem contar que, de modo geral, as atividades físicas contribuem para o tratamento de doenças, como a obesidade e hipertensão.


USE MEIAS DE COMPRESSÃO

As meias de compressão dão suporte aos músculos, o que melhora também o funcionamento dos vasos sanguíneos. Elas são usadas para reduzir o inchaço das pernas, principalmente de pessoas que precisam trabalhar em pé ou sentadas por longos períodos. Essas meias são fáceis de encontrar e podem ser a solução de quem sente dores nas pernas no final do expediente. Fique atento ao tamanho e compressão ideal para seu caso, existem vários fatores a serem estudados antes de prescrever uma meia de compressão.

CONCLUINDO...

Ficar longos períodos em uma só posição pode prejudicar bastante a saúde. Por isso, se você precisa trabalhar em pé, procure um ambiente que seja agradável e confortável. É importante seguir todas as dicas citadas, evitando dores e outros problemas nos pés e nas pernas.

Para maiores informações e prevenção de doenças ocupacionais, entre em contato que nossa equipe multiprofissional pode te ajudar.


Instagram

Facebook

Youtube

Spotify

Obrigado!


677 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo