• Mateus Lamari

Quais São os Cuidados Diários Imprescindíveis para o Enfrentamento da Síndrome?

Atualizado: 25 de jan.

O indivíduo sediano vive uma história de superação diariamente. A cada momento o seu corpo se apresenta de uma maneira, não existe uma rotina. Tem dias que acordará disposto, enérgico e cheio de disposição, como se não houvesse nada, mas em outros, totalmente o contrário, relatam dores generalizadas, cansaço intenso, perda de força, desregulação das sensações de frio e calor, dificuldade para dormirem, se alimentar, irem ao banheiro, dentre outras tantas formas como a SED posso se apresentar.



Devemos também ter atenção redobrada com os sintomas psicológicos, de angústia, depressão, tristeza, que causam um ciclo vicioso com sedentarismo e isolamento social. Essas alterações ocorrem principalmente pela dificuldade de enfrentamento da Síndrome, pela dificuldade de comunicação em relação a doença e pela taxação de mentirosos e manhosos, pois relatam fortes sintomas mas aparentemente se apresentam saudáveis, até porque os exames são normais.


Quais os principais desafios para os pacientes com a síndrome?


O principal desafio nos dias atuais é o diagnóstico correto, o que passaria por um diagnóstico precoce, feito na infância, antes de os primeiros sintomas surgirem, além do diagnóstico correto, o que não acontece com frequência, até pelo desconhecimento da Síndrome pela população geral, inclusive por profissionais de saúde. Esses pacientes acabam descobrindo o que os afeta somente na vida adulta, após o avanço e piora considerável dos problemas, o que já dificulta o tratamento, pois várias sequelas jã estão instaladas, as vezes várias cirurgias feitas, e que muitas poderiam ser evitadas, se o diagnóstico e tratamento assertivos fossem feitos anteriormente.



E quanto à inserção dos pacientes no convívio social? O que é mais importante observar quanto a isso?


Estudos apontam que a promoção de programas, projetos e ações que indicam um movimento de transformações positivas, voltadas ao assunto, ajudam no processo de inclusão social. O desenvolvimento de políticas públicas e programas de conscientização são essenciais para o desenvolvimento dessas práticas.


São poucos os países que dispõem de informações confiáveis sobre o quadro da SED e suas afecções, quais são suas deficiências ou de que forma essas deficiências afetam sua vida. Essa invisibilidade impede que políticas públicas adequadas sejam desenvolvidas.


Devemos escutar com atenção e calma essa população, eles precisam ser ouvidos! A grande queixa dos consultórios é que a exclusão é feita, na grande maioria, pelos profissionais de saúde, justamente os primeiros que deveriam ajudar. Atenção as queixas, muitos sintomas são silenciosos e de difícil mensuração. Procure ajuda com uma equipe multidisciplinar com experiência em SED.


Qual a importância e como promover a conscientização sobre a síndrome?


A divulgação de informações corretas sobre os casos é imprescindível. Isso deve ser feito com pesquisas, aulas, matérias e discussões, com profissionais capacitados e com vivência teórica e prática no assunto. Muitos dos problemas relacionados à Síndrome acontecem por falta de informações, sejam elas inexistentes ou incorretas. Com a conscientização da população, os diagnósticos começarão a acontecer no momento certo, consequentemente o tratamento iniciará de maneira precoce, e por fim, a chance de sinais e sintomas surgirem reduzirá drasticamente, melhorando a saúde física e mental, além da qualidade de vida desses indivíduos.


A criação de mais serviços especializados nessas doenças também ajuda na educação e promoção de saúde, com capacitação dos profissionais envolvidos, atendimento rápido e resolutivo.


A Clínica Lamari é pioneira em projetos e pesquisa, divulgação e de incentivo a população Hipermóvel e Sediana. Para mais informações sobre nossos projetos e atendimentos, entre em contato.


Whatsapp

Instagram

Facebook

Youtube

Spotify

Obrigado!

439 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
001.png