• Mateus Lamari

Os Benefícios da Liberação Miofascial

A liberação miofascial é uma técnica de relaxamento muscular recomendada a quem pratique algum tipo de atividade física que exija um relaxamento prévio ou posterior dos músculos, através de alongamentos que liberam as tensões e realinham o corpo. Esse objetivo é alcançado pressionando-se alguns pontos do corpo para que haja maior liberdade entre o músculo e a fáscia.



O que acontece é que os músculos são envolvidos por uma espécie de tecido conjuntivo conhecido como “fáscia”. Esse órgão é, basicamente, composto por elastina e colágeno, cuja função primordial é potencializar os movimentos musculares, na medida em que facilita a sua contração, deslizamento, fricção, além de outras funções que amenizam as tensões resultantes dos seus movimentos.


Como percorre o corpo todo e está relacionada à movimentação, a fáscia pode sofrer alterações devido a uma série de fatores: treinos muito intensos, prática esportiva não supervisionada, maus hábitos posturais. 

Outras causas como estresse e desgastes emocionais também podem afetar a fáscia e causar dor. O corpo reage a estas alterações formando nódulos, que são chamados de pontos gatilhos (trigger points). Eles acumulam toxinas e prejudicam o bom funcionamento do sistema musculoesquelético. Também alteram a coordenação, a flexibilidade e a força muscular. Liberação miofascial, portanto, teria a função de “destravar” as fáscias, por meio de técnicas manuais ou com aparelhos, capazes de restaurar a sua função e, consequentemente, devolver a força muscular, diminuir as tensões, eliminar a dor local, trazer de volta os movimentos naturais da musculatura, curar possíveis lesões e sequelas. Enfim, devolver a saúde dos músculos e o seu funcionamento natural.


É notória a melhora do humor, assim como a circulação do sangue, amplitude muscular e previne lesões por esforço repetitivo.

515 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo