• Mateus Lamari

Influência dos Pés na Postura

Você sabia que a boa postura começa pelos pés? No nosso artigo de hoje, vamos falar sobre essa influência e como melhorar a postura com algumas dicas simples!



A região plantar é densa em receptores sensoriais e motores possuindo uma função importante na postura corporal do indivíduo. Para garantir um bom controle postural as informações sensoriais devem estar integradas ao sistema nervoso central (SNC) e proporcionar uma saída motora adequada. A postura depende das interações do sistema sensorial e da biomecânica do sistema musculoesquelético.



Neste aspecto, o estudo do controle postural engloba a compreensão dos conceitos de postura corporal e equilíbrio. Uma deformação ou assimetria dos pés repercutirá em regiões do tronco e/ou cabeça necessitando de uma adequação do controle postural. Nota-se, que quando há bons apoios dos pés no chão ocorre um melhor direcionamento do corpo para obter uma postura adequada. Da mesma forma, a desarmonia postural implicaria em alterações na forma de distribuição da pressão plantar. Estas alterações posturais observadas em uma avaliação específica podem desencadear dores na região da cabeça, coluna vertebral, quadril, joelho, tornozelo e pé.



Sabe-se que o pé precisa suportar o peso corporal enquanto estamos de pé, com o mínimo de gasto de energia muscular. O pé é capaz de adaptar para absorver forças, acomodar nas superfícies irregulares e também é capaz de tornar-se uma alavanca estrutural rígida para fazer a propulsão do corpo à frente durante a caminhada e a corrida. Existem três tipos de pés, quanto à formação do arco: pé neutro, plano e cavo (explicados no post anterior). A morfologia do pé tem um papel importante na transmissão de forças geradas a partir do impacto no solo ao tornozelo, joelho e quadril. Um exemplo disto são os indivíduos que apresentam o arco plantar longitudinal neutro, estes possuem um melhor equilíbrio do que os indivíduos com pés planos ou cavos.


Dessa forma, é importante avaliar a pressão plantar, uma vez que as informações obtidas podem fornecer um indicativo da função do pé durante a postura corporal e a marcha. Os dados contidos em uma análise de pressão plantar podem ajudar a entender as alterações e estabelecer uma forma de tratamento adequado para as desordens musculoesqueléticas, da pele e neurológicas.


O pé e o tornozelo constituem a base de sustentação ou o alicerce do corpo humano. Proporcionam a estabilidade necessária para que possamos assumir a nossa postura ereta e singular. O pé está adaptado para fornecer a flexibilidade necessária em solos irregulares e para absorver o impacto e, são um arsenal imenso de informações para análise clínica das doenças que acometem a coluna vertebral.


A posturologia busca a interação dos pés na relação direta que tem este captor ascendente no envio de estímulos para SNC que mantém o equilíbrio contra a força da gravidade. Os ajustes finos contínuos permitem ao corpo humano recuperar o equilíbrio a cada passo.


Analisando suas características percebemos que os pés possuem funções importantes para suportar o peso, manter o equilíbrio e servir como alavanca e ponto de apoio para impulsionar o corpo durante o andar. A constituição dos pés permite adaptação ao diversos tipos de superfícies no solo, porém, algumas acomodações para reduzir dores pelo corpo podem causar muitas doenças comuns nos quadris, joelhos e na coluna vertebral, são alguns exemplos que podemos citar que estão diretamente relacionados com um pé posicionado irregularmente em qualquer calçado ou palmilha.



O corpo humano é uma engrenagem perfeita, porém, com o tempo e as atribulações do dia a dia, as pessoas tendem a adotar posturas inadequadas. Conhecer o tipo da sua pisada pode ser o primeiro passo para evitar lesões e render melhor nos exercícios físicos. Já parou para pensar que o jeito como você pisa influencia diretamente na sua postura e no seu rendimento em tarefas cotidianas ou ainda em práticas esportivas?


Se algo acontecer nos pés, como traumas, fraturas, cirurgias, doenças genéticas ou posturais, poderá ocorrer no corpo uma série de compensações e desvios que geram dores, enrijecimento, contraturas musculares, limitações dos movimentos e o aparecimento de problemas ortopédicas.


O principal objetivo da Fisioterapia na Podoposturologia é promover um alinhamento da postura do paciente ou atleta, trazendo conforto no dia a dia, no trabalho e nas atividades físicas, por meio dos exames e da reprogramação da musculatura pelas palmilhas posturais.


Na Clínica Lamari fazemos todos os exames para encontrar as causas dos desalinhamentos e lesões e a melhor palmilha, individualizada para você. Acabe com as dores e os problemas posturais, entre em contato.


Instagram

Facebook

Youtube

Spotify

Obrigado!

42 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo